Acompanhe aqui as últimas notícias e atualizações

13 de novembro de 2014

Reunião do CMT não teve planilha de custos da VCG. Segue impasse no reajuste da tarifa

Blog do William Batista

A reunião da última terça-feira (11) realizada na prefeitura municipal pelo Conselho Municipal de Transportes (CMT), teve como base apenas os dados levantados pela Autarquia Municipal de Trânsito (AMTT) para cálculo do reajuste na tarifa do transporte coletivo. A planilha de custos da Viação Campos Gerais (VCG) não foi liberada para consulta pública. Os integrantes do conselho até poderiam ver as informações, desde que assinassem um termo sigiloso. A medida imposta não foi aceita pelos conselheiros.


Em nota a empresa se pronunciou da seguinte forma: 

“ A Viação Campos Gerais informa que, apesar de contratualmente ser completamente irrelevante para o cálculo tarifário, não se negou a fornecer seu balanço contábil ao CMT. A concessionária apenas exigiu que seja garantido o respeito a lei do sigilo fiscal, mediante a assinatura de um documento que lhe resguarde este direito. Cabe reiterar o amparo por lei federal e como tal, também é reconhecido pela procuradoria do município conforme parecer recente".

Nenhum comentário:

Postar um comentário